55 OCUPA

 
 
 

No dia 22 de Fevereiro 2018, das 18 às 22 horas a convite da Casa Nova Arte e Cultura Contemporânea, paralelamente à abertura da exposição “Nós / Ninguém”,  a 55SP estará na sala de projetos com a coletiva “55 Ocupa”, apresentando os artistas Bruno Palazzo, Fábio Morais, Fábia Schnoor, Judith Lauand, Juliana Kase, Keila Alaver, Ricardo Alcaide.

E enquanto a Casa Nova nos recebe em seu espaço no jardins, nos também a recebemos e ela passa a ocupar nossa plataforma virtual , com a seleção de quatro artistas, que usam a fotografia como suporte, você pode adquirir em nosso site, obras com tiragem limitada e a preços especiais editadas pela Casa Nova de Claudia Jaguaribe, Lina Kim, Michael Wesely e Gilvan Barreto. 

 
 Artista: Claudia Jaguaribe Titulo: da serie Cyano Blue, 2016 Papel Photo Rag – Hahnemühle Fine Art Medida: 50 x 45 cm (sem moldura) Edicao: 30 + 5 PA R$ 1.500 + frete

Artista: Claudia Jaguaribe
Titulo: da serie Cyano Blue, 2016
Papel Photo Rag – Hahnemühle Fine Art Medida: 50 x 45 cm (sem moldura) Edicao: 30 + 5 PA
R$ 1.500 + frete

BUY
 
 Artista: Michael Wesely  Titulo: 14.11.2016-14.11.2017, 2016-2017 Papel Photo Rag – Hahnemühle Fine Art Medida: 50 x 45 cm (sem moldura) Edicao: 30 + 5 PA R$ 1.500 + frete

Artista: Michael Wesely
Titulo: 14.11.2016-14.11.2017, 2016-2017
Papel Photo Rag – Hahnemühle Fine Art Medida: 50 x 45 cm (sem moldura) Edicao: 30 + 5 PA
R$ 1.500 + frete

BUY
 
 Artista: Lina Kim Titulo: Natureza Morta, 2010 Papel Photo Rag – Hahnemühle Fine Art Medida: 33 x 50 cm (sem moldura) Edicao: 30 + 5 PA R$ 1.500 + frete

Artista: Lina Kim
Titulo: Natureza Morta, 2010
Papel Photo Rag – Hahnemühle Fine Art Medida: 33 x 50 cm (sem moldura) Edicao: 30 + 5 PA
R$ 1.500 + frete

BUY
 
 Artista: Gilvan Barreto Titulo: da serie Fronteiras, 2010 Papel Photo Rag – Hahnemühle Fine Art Medida: 33 x 50 cm (sem moldura) Edicao: 30 + 5 PA R$ 1.500 + frete

Artista: Gilvan Barreto
Titulo: da serie Fronteiras, 2010
Papel Photo Rag – Hahnemühle Fine Art Medida: 33 x 50 cm (sem moldura) Edicao: 30 + 5 PA
R$ 1.500 + frete

BUY
 

Inaugurada em 2014, a Casa Nova é um espaço de arte que promove a convergência de negócios, exposições e ações voltadas a todas as vertentes culturais contemporâneas. Localizada em uma casa de 300m2 no Jardim Paulista em São Paulo, o espaço possui uma programação regular de exposições e eventos dentro e fora do seu local expositivo como palestras, cursos, eventos e feiras; todos com foco na pesquisa curatorial e discursiva da arte contemporânea e em parceria com outros espaços do Brasil e do exterior.

O objetivo principal é pensar diferentes propostas e estratégias comerciais para o mercado de arte contemporânea hoje; trabalhando em conjunto com curadores e artistas internacionais e com obras de arte em suas mais diversas vertentes. E com isso estabelecer novas formas de trabalho dentro do circuito da arte, combinando o local e o global na propagação do acesso a cultura no país.

 

Sobre os artistas:

Claudia Jaguaribe, Rio de Janeiro, Brasil. Sua produção se caracteriza por uma intensa pesquisa plástica que utiliza diferentes mídias para lidar com diversas questões da contemporaneidade na fotografia. Em 2010 Claudia recebeu o prêmio Marc Ferrez de fotografia da Funarte pelo projeto O seu caminho. Tem onze livros publicados. Suas obras estão na coleção de importantes acervos institucionais, como do Inhotim, MG; Museu de Arte Moderna de São Paulo (MAM) SP; Coleção Pirelli do Museu de Arte de São Paulo (Masp) SP; Maison Européenne de la Photographie, Paris; Istituto Italo-Latino Americano (iila), Roma; Itaú Cultural, SP; Instituto Figueiredo Ferraz, Ribeirão Preto SP; assim como em coleções particulares.

Lina Kim, São Paulo, Brasil. Vive e trabalha em Berlim. Estudou arte na Fundação Armando Alvares Penteado em São Paulo, Arts Students League em Nova York. Participou das Bienais de São Paulo, Kwangju e Havana com instalações. Em mostras como Focus Istanbul: “Urban Realities”, Martin Groupius Bau (Berkin 2005), “Lugar Nenhum”, Instituto Moreira Sales (Rio de Janeiro 2013), “Fototrier” Stadtmuseum Simeonestift (Trier 2010), “At Home” the Columns Gallery (Seoul, 2014). Trabalha com site specifics, desenho, fotografia e vídeo.

Gilvan Barreto, Pernambuco, Brasil. Seu trabalho foca em questões políticas, sociais e na relação do homem com a natureza. Sua fotografia é fortemente influenciada pelo cinema e literatura. Em 2014 venceu alguns dos prêmios mais importantes do Brasil, como o Prêmio Brasil de Fotografia, Prêmio Marc Ferrez, Prêmio Conrado Wessel de Arte e foi dos artistas selecionados pelo programa Rumos, do Itaú Cultural. É autor dos livros Suturas (independente, 2016), Sobremarinhos (independente, 2015), O Livro do Sol (Tempo D’Imagem, 2013) e Moscouzinho (Tempo D’Imagem, 2012). Além de ser organizador e coautor do livro-cd Orquestra Pernambucana de Fotografia. Possui trabalhos em acervos particulares e institucionais, a exemplo do Porto Seguro / Prêmio Brasil de Fotografia, Centro Cultural São Paulo e Itaú Cultural.

Michael Wesely, Munique, Alemanha. Estudou fotografia na Bayerische Staatslehranstalt fürPhotographie, graduando-se na Munich Academy of Fine Arts. Participou de diversas exposições internacionais, entre elas na 25ª Bienal de São Paulo. Pioneiro em fotografias de longa exposição, entre as quais as imagens mais célebres são as da reforma da Potsdamer Platz em que a exposição se estendeu por dois anos. Wesely fotografou também a ampliação do Museum of Modern Art em Nova York, imagens que agora fazem parte da coleção permanente do museu. Atualmente participou de exposições no novo IMS da Avenida Paulista e no MASP-SP.