Os "Mundos Possíveis" de Hilma af Klint

 

Começando o ano com toda força, a Pinacoteca traz pela primeira vez na America Latina, a exposição individual “Hilma af Klint: Mundos Possiveis”. Conhecida por pavimentar o caminho da arte abstrata, a pintora Sueca passou despercebida—ou ofuscada por pintores masculinos— por grande parte do século XX, mas hoje é estimada como uma das pioneiras da abstração na arte. 

Hilma af Klint (1862-1944), frequentou a Real Academia de Belas Artes em Estocolmo, mas logo se distanciou da estrutura académica da arte—que ainda não compreendia nem aceitava o movimento abstrato— para pintar mundos invisíveis. 

A artista é considerada uma das integrantes principais do grupo artístico so de mulheres: “As Cinco”. Elas acreditavam que eram regidas por forças esotéricas e espíritos que desejavam se comunicar por meio de imagens. Isso fez com que elas experimentassem com surrealismo muito antes décadas antes do movimento nascer. A exposição tem a curadoria feita em conjunto por Jochen Volz e Daniel Birnbaum e incluirá  130 obras.

A exposição esta aberta e  e fica em cartaz até 16 de Julho de 2018. 

Isabella Pinheiro